RESTAURANTE  A
A LENDA DA FLOR MARGARIDA
 

Conta a lenda que os três Reis Magos (Baltazar, Gaspar e Belchior) quando seguiam a estrela que indicava a Manjedoura, encontraram um pequeno pastor que tomava conta das fogueiras.
 
- Que fazes aqui?, perguntou Baltazar.

- Tomo conta das fogueiras que iluminam o caminho para aqueles que vão visitar o Menino Jesus.
- É pena que não nos possas acompanhar (disse Gaspar).
 
- Se tal fizesse (disse o pastor), as fogueiras apagar-se-iam.
- Temos que seguir viagem, o caminho é longo (disse Belchior para os outros enquanto montava de novo o seu camelo).

- Adeus, adeus! - disseram os três Reis Magos.

- Adeus, adeus! - respondeu o pequeno pastor, acenando com a mão.
De repente, o pastorzinho teve uma ideia, e colocando muita lenha nas fogueiras saiu correndo atrás dos Reis Magos. Quando chegou ao estábulo, ficou muito
feliz por ver o Menino Jesus mas, ao mesmo tempo triste por ver os Reis Magos oferecerem Ouro, Incenso e Mirra e ele sem ter nada para ofertar.

- Que pode oferecer um humilde pastor como eu? (pensou). Porém ao virar-se com rosto cheio de lágrimas, viu uma flor toda
branca. Correu para ela, mas ao colhê-la ficou de novo triste: Como vou arranjar coragem para oferecer um presente tão
simples? Nesse momento um Anjo viu-o e o chamou:

- Vem meu filho, Jesus está à espera do teu precioso presente.
E, perante os olhos comovidos de Maria, José e dos Reis Magos, o pequeno pastor entregou feliz a flor ao
Menino Jesus. Desde então aquela flor branca (a Flor Margarida) tem ao meio uma coroa cor ouro.